segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Dose Dupla

Lula não está achando boa essa idéia de dois palanques nos Estados acolhendo Dilma.

Diz que isso no papel parece bonito, mas na prática não há como fazer dois discursos pedindo votos para dois candidatos diferentes a Governador, por exemplo.

Por isso, o PT vai aprovar em seu próximo Congresso nacional uma Resolução instituindo a verticalização interna corporis. As alianças estaduais terão que estar subordinadas à aliança nacional do PT.

Isso vai frustrar muito projeto individual dependente da adesão do PT nos Estados.

4 comentários:

pimentanina85@gmail.com disse...

Pois é,quem é Lula, deveria seguir sua orientação.mas no Maranhão, tudo é sempre diferente.

João Augusto disse...

Engraçado é que no Maranhão, feita a vontade de Lula, os planos de Zé Reinaldo em ter dois condidatos ao Governo irão por água abaixo.

Desta feita, o PCdoB ou perderá o apoio do PT coligando-se com o PDT/PSDB, ou ficará isolado, ou será forçado a abraçar o "Honorável Bandido".

Agora a coisa esquenta também para o PSB, ou ele se alia com o PDT/PSDB ou ficará isolado, ou terá que ir para o curral da "Madre Superiora".

Mas o PCdoB poderia se unir com o PSB e ficar sem candidato a presidente...

Mas se o PSB unir-se com o PSDB/PDT, como ficará a disputa pelo Senado?

Tudo dependerá dos resultados da PED do PT-MA, mas tudo ficou confuso, até parece que Lula quis pregar uma peça nas pretensões de Zé Reinaldo.

Clever disse...

Então quer dizer que no Maranhão Lula só aceita palanque do PMDB, só é aliado de Lula quem for membro dos "Honoráveis Bandidos". Que vergonha!

Rosa da Cruz disse...

"...somos todos iguais, braços dados ou não... esperar não é saber, quem sabe faz a hora não espera acontecer..." (Pra dizer que eu não falei das flores) retire só a oligarquia porque não são comuns.